Estrada Nova Onde Já É Conforto

Você me traz aquilo
Que um dia disse Cazuza
“A sorte de um amor tranquilo”
Que arranca a tristeza e a blusa.

Você me provoca à ação
De praticar aquilo que sonho
Tiro a poeira do meu coração
Sangue novo agora lhe ponho.

Pensamentos… voam alto
Pra alcançar minha nova enseada
Não conseguem ver mais o asfalto
Onde andavam e encontravam nada.

Sentimentos… manifestos
Pavimentam a ida e a volta
Norteiam todos os meus gestos
E ainda lhe fazem escolta.

Nessa estrada eu me viciei
Outras curvas são triviais
Percorro a você como um rei
Nunca achando alegrias iguais
Demorou, mas hoje eu sei
Você veio pra ser o meu “mais”.

Anúncios

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s