Rio da vida

Há, num certo coração,
Uma chama ainda acesa
De um amor cuja emoção
Me permeia com firmeza.

Foi difícil superar
Mais ainda entender
Que amar é deixar estar
Quando não se pode ter.

Com amor tudo podemos
Com um amor, ainda mais
Novo amor que assume os remos
No curso que o rio faz.

Rio da vida corre solto
Cada dia, uma remada
No amor me faço envolto
E envolvo a minha amada.

Anúncios

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s