“Cama, mesa e banho”

Se estás apaixonado por alguém
Tu deitas numa cama que é só teia
O sentimento ocupa um armazém
Que, ao menor calor, já incendeia.

Se queres, mais que ter, ser com alguém
Terás de construir agora o estrado
Pois pés no chão à cama lhe convém
E um colchão pro amor recém criado.

Se pensas que a noite agora é pouco
Constrói um teto para proteger
O amor que tu pensavas ser de louco
E virou um maestro a te reger.

Se o amor parece te escapar
Cozinha um banquete de intenções
Leva tudo quentinho ao teu par
E saboreia em pequenas porções.

Renova essa conquista tão sadia
E toma aquela ducha outra vez
Refresca tua memória e volta ao dia
Em que isto começou para vocês.

Anúncios

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s