Dia D

Na espera pra lhe ver de novo
Eu relembro quando lhe encontrei
O coração cabia em um ovo
Você veio; ele virou um rei.

Tá gigante, pois quer abrigar
Um amor que excede fronteira
Não é mudo, feito letra agá
Quer gritar pela sua bandeira.

Meu amor, defendo suas cores
Até o dia em que vida faltar
Mas prefiro praticar amores
No seu terreno inóspito, tá?

Se me pedir que eu faça guerra
Eu farei, sem nem pestanejar
Mas permita que haja em tua terra
Sempre amor, e mais nada, pra já.

Anúncios

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s