Desafio das palavras: O som da voz de quem se ama (a versão dele) (lado B)

https://pixabay.com/en/sunset-peace-solitude-calm-nature-1207326/

Eu queria tanto te amar…mas você é a cereja de um bolo chamado utopia. No entanto não é sobre a realidade inatingível que quero falar, mas sobre sua voz.

Quando nos encontramos, é o sopro emitido de suas cordas vocais o contato mais íntimo e intenso que posso ter. É essa voz doce, suave e letal que faz o ser humano voar sem a ajuda de Santos Dumont.

A voz da mulher amada é um sopro de vida; O sopro de vida. A vida renasce e faz com que se esqueça o dia de ontem, recursivamente. Simplesmente não há mais o ontem. OK, o ontem existe; numa relação causal, existe motivos que precedem toda a admiração por esta forma de soar, por este cantar de passarinho.

Quando você fala comigo, a mensagem pouco importa (mentira!). A mensagem importa (mentira!). Qual seja a mensagem, ela será importante, se conduzida por seu falar.

Você é um passarinho (por falar neles) que aprendeu a falar, e sua fala é um presente da natureza para meus humildes ouvidos. Acordar com você brigando comigo seria algo hilário, pois que razão eu procuraria diante de um argumento exposto nestes termos? É claro que, diante do exposto, eu não ficaria o tempo inteiro calado; como apaixonado que sou, diria uma coisa ou outra só para prolongar a conversa e ouvir um pouco mais o meu amor.

Amor…dizem que amor só existe entre duas pessoas…mas eu ainda insisto em ver amor ao te escutar e te responder. Simplesmente porque eu não sei o que faria ao ter o prazer de ser a primeira pessoa a ouvir o seu “bom dia”, e o último a ouvir seu “boa noite”. Estas coisas são muito especiais para se saber o que fazer…certamente eu faria algo, só não sei se a sua altura.

Mas certamente sua voz é uma inspiração para a minha se soltar e expressar tanto quanto a sua. O som da minha voz ama o som da sua. Estamos falando de canções aqui…mas sua fala calma e volumosa é um roupão que vem ao meu encontro após um banho: confortável e suficiente para os meus anseios no momento.

É porque te ouço que o sentido da audição faz…sentido. É porque falas que eu quero falar de ti. É porque cantas que canto. Meu sonho é que cantes as canções que quiseres me olhando nos olhos, com um brilho que há em cada parte de ti.

Lado A: clique aqui.

Anúncios

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s