Nepal

https://pixabay.com/en/mount-everest-himalayas-nepal-413/

Você é o meu exemplo
De quem faz ponto sem nó
De quem é, em si, um templo
No qual é grande o menor.

No seu templo eu sou balde
Que busca água transparente
Que limpa de mim a fraude
Tingida em meu corpo e mente.

Eu trago como oferta
A dor de ter demorado
O alívio de ter chegado
E visto essa porta aberta.

Eu levo o banho tomado
E a chave, porventura feche
Agora eu sou seu amado
E não mais um simples “trash”.

Anúncios

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s