Poema Livre

De quando Paulino ainda não existia…

https://pixabay.com/en/birds-bridge-flight-flock-flying-1850169/
Quem me dera ser livre
Livre como estes versos
Só pra ver o mundo inteiro
E como ele é grande
Admirar as paisagens
Desertos e florestas
Pastos e praias
Folhas e flores
Sol e chuva.
Se eu pudesse ser livre
Pra soltar os bichos
De suas respectivas jaulas e mentes
Libertar as verdades
Ocultas nos semblantes
Daqueles que fingem que são
Mas não são, só pensam
Sabem que a verdade dói
e amenizam-na fingindo….que são.
Ah, se eu fosse livre
Como os seres alados
Te chamava pra voar comigo
Desbravar o universo
Aprender a amar
Pois tu és minha liberdade
E enquanto não respondes
Eu estou aqui preso
Neste poema livre.
Liberta-me!

#arquivo

Anúncios

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s