Mão de Moça?

https://pixabay.com/en/hands-woman-jewellery-finger-195654/

Dia 9 é dia de refletir sobre o dia 8.

– Não me venha com esse termo ultrapassado!
As mãos são a nossa extremidade mais técnica: escrevem, tecem, tocam, modelam, conduzem, indicam, acariciam, corrigem…são tantos os verbos que talvez seja melhor contar aqueles que não representam possíveis ações manuais.
A mão que lava não é a que enxuga, assim como a mão que faz o bem não deve ser vista pela outra.
As mãos externam nossos desejos não-verbais, nossas ações mais primorosas, que requerem perícia. Haja vista a desproporção na força aplicada a elas em ações estúpidas.
Até no ato de escrever é fácil notar o fenômeno: escreva com pressa (ou seja, aplique força supérflua as suas mãos); sairão pensamentos rústicos, ásperos, mal trabalhados, ou seja, ideias sem sentido.
As mãos foram feitas para o ser humano criar um mundo ao seu redor, por meio de formas, sons, texturas e sabores (o mundo nada mais era que um monte de curvas e quinas antes do modelador sapiens começar seu trabalho).
Então não me venha com essa história de “mão de moça”. O que a mão de uma moça não pode fazer, se constitui-se dos mesmos elementos químicos, moléculas, células e tecidos que a mão de um homem?
Certamente um biólogo afirmará que a diferença está na constituição genética das peças distintas. E paramos por aí (a mão de uma moça, por vezes, até produz coisas melhores que a sua, meu nobre).
A diferença está mesmo no cérebro ao qual estas mãos estão ligadas. Basta uma boa cabeça pra ter boas mãos a obra. Simples, não?

Anúncios

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s