Introspectivo

Grilos cantam enquanto lembro
Que você me estranhava
Do silêncio virei membro
Pois calar-me não bastava.

Eu construí um casulo
Mas posso sair lagarta;
Quanto mais me encabulo
Mais eu jogo essa carta.

Muito pouco faz sentido;
Você não entenderia
Mas, há muito, fui vencido
Feito fraca alvenaria.

Assim restou o retiro
Para rever minhas rotas
Em torno de mim eu giro
Cantando as mesmas notas.

Não se preocupe agora
Não quero ser mais um grilo
Que nessa cabeça mora
E demora tão tranquilo.

Hei de achar o que procuro
Quando houver o que buscar;
Eu sou assim, obscuro;
Qualquer coisa, chegue cá.

Anúncios

2 comentários sobre “Introspectivo

Que tal?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s